• Danielle Kaori

Impressão 3D - Introdução para Iniciante

Você que sempre teve vontade de entender como funciona a impressão 3D, mas não consegue encontrar todas as informações necessárias sobre por onde começar, este guia é pra você!

Afinal o que é a impressão 3D?


A impressão 3D, também conhecida como prototipagem rápida, surgiu como um conceito em 1981 através do japonês Hideo Kodama, porém só teve sua primeira técnica apresentada em 1984 através do engenheiro Chuck Hull.

A máquina inicialmente foi criada para imprimir lâmpadas especiais no quais foi usada para solidificar resinas e peças de plástico. A ideia teve tanta adesão que o engenheiro Hull fundou a 3D Systems Corp para seu inovador serviço.

Já em 1990, a inovação tecnológica criou máquinas que tinham a capacidade de moldar diferentes tipos de artefatos. Apenas em 2010 as impressoras 3D começaram a ser comercializadas por grandes varejistas, até porque em seu início as impressoras eram muito grandes, pesadas e caras, fazendo com qualquer pessoa possa levar uma máquina portátil para sua casa ou empresa.


Para que serve a impressão 3D?


A impressão 3D é muito versátil e pode se encaixar em qualquer situação, desde a substituição de peças para máquinas, odontologia, obras decorativas, mockups até mesmo peças para aprimorar seu cosplay. É possível imprimir qualquer coisa desde que haja alguém que consiga fazer a modelagem 3D do objeto.

Por onde começar?


Existem diversos tipos de impressoras 3D, dentre elas:

  • FDM

  • SLA

  • DLP

  • SLS

  • DMLS

  • SLM

  • EBM

  • MJF

  • PolyJet

Neste guia focaremos na tecnologia FDM, explicando mais a fundo quais os passos para começar a imprimir como um profissional!


Principais tipos de material


PLA: é um tipo de termoplástico biodegradável muito utilizado na fabricação de sacolas plásticas. Sendo o PLA um dos materiais mais comuns na impressão 3D.


PETG: é um material muito resistente derivado do PET. Muito utilizado para peças que precisam de resistência física e térmica. O material é menos tóxico do que o ABS ao imprimir.


ABS: é um material altamente utilizado em diversos produtos do mercado desde notebooks até presilhas de cabelo. O material é extremamente resistente. Ao imprimir é recomendado deixar o local bem ventilado devido a toxicidade do material durante a impressão.


TPU: é o material flexível com sensação mais emborrachada, pode ser utilizado para diversos fins como impressão de sapatos ou capas para eletrônicos. Um cuidado a ser tomado com TPU é o armazenamento, pois o material absorve muito facilmente a umidade do ar, então é recomendado selar o material numa caixa com sílica gel.


Antes da impressão


Para começar a imprimir é necessário seguir os seguintes passos:


1. Encontre seu arquivo .STL (Standard Triangle Language).

Diversos sites na internet disponibilizam o arquivo STL dos mais diversos objetos de forma gratuita, mas caso queira algo personalizado é possível contratar serviços de modelagem 3D ou de scanner 3D.


2. Verifique a integridade do arquivo.

Abra o arquivo no 3D Builder, programa gratuito que acompanha o sistema Windows, e verifique se o arquivo precisa de reparo.


3. Abra o arquivo no software de fatiamento.

Uma das opções gratuitas é o software Ultimaker Cura.


Ultimaker Cura



1. Selecione qual é o modelo de sua impressora.

2. Selecione qual o tipo de material e tamanho do bico que estiver utilizando.

3. Escolha qual a resolução da impressão desejada.

4. Ferramenta de mover o arquivo.

5. Ferramenta para redimensionar o arquivo.

6. Ferramenta para girar o arquivo.

7. Botão para fatiar o arquivo, após clicar espera alguns segundos até que o arquivo esteja fatiado.

8. No “Preview” é possível verificar como ficará o arquivo ao ser impresso, caso não esteja como desejado é possível fazer alterações nas configurações de impressão.

Pós Impressão


Após imprimir será necessário fazer o acabamento da peça, que pode incluir:

  • Remoção de suporte, a qual deve ser feita com auxílio de alicates sempre utilizando equipamentos de proteção como óculos e luvas;

  • Lixamento da peça para deixar a superfície mais uniforme;

  • Passar massa caso haja imperfeições na peça e não queira descartá-la;

  • Pintura, recomenda-se que passe primer na peça antes de realizar a pintura.

Conclusão


Estes são os pontos principais da impressão para iniciantes. Lembrando sempre que a depender da manutenção da sua impressora pode haver erros de impressão. Agora que já conhece o básico, por que não testa a tecnologia em casa?



Veja mais artigos sobre impressão 3D

Como aumentar a velocidade da impressão 3D - Guia completo 7 Editores de STL Gratuitos: Como editar e Reparar arquivos STL Suporte de impressão 3D – Guia completo Impressão 3D com filamento PEEK e PEI - Guia Completo Prototipagem com Impressão 3D - Guia completo