Scanner 3D no setor de gás e petróleo

O setor de gás e petróleo está enfrentando a crescente e constante pressão das autoridades, órgãos reguladores, grupos ambientalistas e cidadãos, à medida que aumentam as preocupações com a segurança das novas e envelhecidas redes de oleodutos.



Os proprietários e operadores de dutos, bem como os prestadores de serviços de avaliação não destrutiva (NDE), têm, cada um, seus próprios conjuntos de desafios ao cobrir a integridade dos dutos. Por um lado, os proprietários de dutos precisam avaliar e manter seus próprios dutos dentro dos maiores padrões para mitigar qualquer desastre ambiental e garantir a segurança pública - tudo isso enquanto mantêm os dutos operando em sua capacidade total.


Por outro lado, os operadores de dutos e prestadores de serviços da NDE lutam com múltiplas tecnologias e metodologias variadas que são utilizadas por técnicos com níveis de capacidade muito diferentes.


Basta dizer que, com todas as cirurgias das partes interessadas, o impulso para melhorar a produtividade e reduzir os custos tornou-se crítico.


Desafios com as inspeções convencionais de dutos


Para descrever a integridade material de uma tubulação e garantir que os recursos da tubulação estejam seguros, é necessário que os técnicos inspecionem sinais de corrosão interna, ambiental e atmosférica, bem como de danos mecânicos, tais como arranhões e goivaduras. Tradicionalmente, os exames de integridade de dutos eram realizados com uma ampla gama de métodos de testes não destrutivos (NDT): técnicas de vazamento de fluxo magnético (MFL) e ultra-sônico (UT) eram utilizadas para identificar zonas críticas com corrosão externa e danos mecânicos. Ferramentas de medição manual, como o pit gage, foram utilizadas para controlar a corrosão superficial.


Muitas dificuldades surgiram com estes métodos de herança. Para começar, os técnicos da NDT precisavam aprender a usar diferentes tecnologias de diferentes fornecedores, o que torna as inspeções complexas, ineficientes e demoradas, especialmente em uma época em que o pessoal experiente é limitado na melhor das hipóteses. E para acrescentar insulto aos ferimentos: como uma avaliação da integridade de uma tubulação é um procedimento caro para os proprietários de bens, os técnicos estavam - e ainda estão - sob enorme pressão para fazer avaliações de forma rápida e correta na primeira vez.


Além disso, considerando que as medições são feitas em ambientes instáveis e às vezes duros, os efeitos eram freqüentemente incorretos, irrepetíveis e distintos de um relatório para outro. A análise dos dados e a consistência do relatório se tornaram um problema sério para a tomada de decisões confiantes se um tubo precisava ser substituído, revestido, reparado ou simplesmente deixado em serviço.


Soluções Metrológicas para Avaliações de Tubulações


Os proprietários de gasodutos que pensam no futuro estão atualmente abandonando os métodos tradicionais e se voltando para soluções novas e abrangentes. Na verdade, muitos estão exigindo que os parceiros da NDE e os técnicos da NDT utilizem tecnologia de varredura 3D e software dedicado de avaliação de dutos para realizar inspeções. Por exemplo, o scanner 3D HandySCAN de grau metrológico da Creaform, juntamente com aplicações Pipecheck NDT, estão sendo amplamente utilizados para avaliações em redes de dutos.


As causas desta mudança são persuasivas. Este tipo de solução de tecnologia NDT 3D chave na mão oferece velocidade e precisão inigualáveis para medição de tubulações em ambientes instáveis, dando aos inspetores a confiança de que estão fazendo as análises certas e as recomendações ideais para os operadores de dutos. Sua configuração rápida significa que um técnico pode estar funcionando em menos de 2 minutos sem ter que ser um especialista em metrologia ou mesmo em varredura 3D.


O scanner 3D, que pode ser usado por operadores iniciantes e experientes, pode digitalizar todas as áreas da tubulação a ser analisada e obter medições precisas, repetíveis e rastreáveis de até 1.300.000 a cada segundo. O Pipecheck pode ser usado subseqüentemente para fornecer detecção de inspeção no local e caracterização de defeitos na tubulação, em tempo real. As representações 2D e 3D de tubos corroídos ou danificados mecanicamente permitem aos técnicos visualizar e compreender rapidamente a condição de um duto em toda a varredura. Os dados podem ser correlacionados, e uma vasta gama de análises pode ser realizada rapidamente para uma decisão mais rápida e melhor, que não seja prejudicada por vibrações do ambiente ao redor ou por erro humano ou interpretação.




  

®

Centro Empresarial de São Paulo CENESP
Av. Maria Coelho Aguiar, 215 - Jardim São Luís, São Paulo - SP, 05804-900
Igloo - Bloco F - 6° andar.

contato@printit3d.com.br